Now Reading:
A ausência de Gilberto

Atualizada em 02/09, 10h17 – O sentimento no PT é que a presidente Dilma Rousseff, apesar dos bons índices de aprovação, poderia estar em situação confortável se não fosse a greve geral. Aliados indicam que seu estilo centralizador e o fato de tirar poder de Gilberto Carvalho na interlocução com centrais sindicais levaram ao cenário atual. A CUT, tradicionalmente petista, é quem comanda as paralisações. E os sindicatos ainda não se identificaram com o jeito Miriam Belchior de negociar. Gilberto será chamado a interceder. A assessoria do ministro garantiu que isso não acontecerá.

Ciúme

O PT palaciano está dividido. Há uma batalha de egos entre o grupo ligado ao ex-presidente Lula e o de Dilma, que inseriu no governo seu escrete.

Chama o homem

Do senador Pedro Simon (PMDB-RS), na tribuna: ‘O meu querido amigo Lula, esse, sim, que intervém em tudo e a qualquer pretexto, deveria conversar com a CUT’.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.