Now Reading:
Acusado de pedofilia, dono de escola alega que menina é ‘produto no mercado’

Acusado de pedofilia, dono de escola alega que menina é ‘produto no mercado’

É tão assustadora quanto o escândalo de pedofilia no Amazonas a petição da defesa do empresário Waldery Areosa na tentativa de habes corpus preventivo. Em sua defesa, o dono de escola e faculdade alegou, no documento, que as menores são ‘produto no mercado’, e cita até a violência presumida consentida. Com o deputado estadual Fausto Souza também acusado, a Assembleia Legislativa do Amazonas vai abrir CPI. A denúncia foi feita pelo Ministério Público na Operação Estocolmo.
Memória. A denúncia no Fantástico de domingo passado foi considerada branda pelas autoridades do MP e policiais. O crime envolvendo poderosos é muito mais abrangente.
Fala, senadora. A senadora Vanessa Graziotin (PCdoB-AM) avisou que não discursou sobre o escândalo na semana passada, mas tem protestado na tribuna e nas bases, pedindo justiça.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.