Brasília -
loader-image
Brasília, BR
11:25 am,
temperature icon 25°C
nublado
Humidity 65 %
Wind Gust: 0 Km/h
16 de abril de 2024 - 11:25h
Parceiros
Brasília - 16 de abril de 2024 - 11:25h
loader-image
Brasília, BR
11:25 am,
temperature icon 25°C
nublado
Humidity 65 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

Artigo: Ao Meu amigo Jorge

#compartilhe

Por Carlos Henrique Vasconcelos * , em homenagem a Jorge Ferreira, poeta, empreendedor e figura carismática de Brasília que faleceu nesta semana. 

Tu estás de sacanagem com a gente! Depois de resolver o problema de tanta gente vem você dizer que tá de saco cheio! Até parece! Você é daqueles seres especiais, que Deus disse: “Esse é meu enviado para fazer a felicidade de todos que se aproximarem dele” . E não vem agora dizer que está cansado, pois o Mauro também já cresceu a barriga e está cuidando da cozinha. E olha que o Tampinha disse que pode voltar a qualquer momento e dizer: “tô de vorta. Agora não vai faltar empada pra ninguém “. Mauro vai tremer se acreditasse .

Denise, minha amiga recente, posso dizer com a maior de todas as certezas: “ele vai continuar a fazer tudo que tem vontade e ficar do seu lado por todo o tempo”! Não fique com ciúme, pois esse nosso amor não tem fim! Ele é de todos que acreditam na pureza d’alma, na vida eterna e na paz entre as pessoas, enfim nada poderá mudar este curso. Jorge está com a gente sempre! Vi outro dia, e me orgulhei, um dos seus livros publicados em uma vitrine da Saraiva do aeroporto de Brasília ao lado de Paulo Coelho, Dan Brown e Veríssimo. Que maravilha!

Jorge não precisa estar na Academia. Ele é a própria. Poeta da vida de todos nós. Lula que o diga. E Gilbertinho, como carinhosamente chama, também sabe disso. Não há ninguém que conheçamos que não se renda às suas ousadias poéticas. Ele é a nossa síntese. Fala o que pensa, escreve sem medo de ser feliz e ama o que faz. Produtor como ninguém foi. Produtor de emoções. De corações e mentes que têm no seu DNA a marca da sabedoria.

Ele promete viajar neste ano para uma experiência que promete a todos nós. Disse pra mim: “Vou sair de circulação por um tempo, passar uma temporada em Londres e aprender inglês”! Eu fiquei pensando:”Como aprender uma língua se ele fala a linguagem humana com tanta profundidade. Vai, mas não deixa a gente sentir muito a tua falta, pois ninguém aqui tá querendo ficar com saudade. Sempre estaremos perto de você! Te amo!”.

Seu amigo Peninha.

* Carlos Vasconcelos é jornalista, foi chefe de redação de jornais do Rio. 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.