Now Reading:
Aparelhos eram antigrampo

Da coluna deste sábado, 19

A Polícia Federal atuou a tempo de flagrar a quadrilha de Carlinhos Cachoeira, mas perdeu parte das conversas por interceptação telefônica do grupo. Os aparelhos Nextel trazidos pelo contraventor dos Estados Unidos realmente tinham sistema antigrampo, com códigos criptografados. Quando descobriu que o bando usava os rádios, a PF obrigou a Nextel a entregar os códigos e, com os mandados judiciais, começou a monitorar a quadrilha, o que resultou nas operações Vegas e Monte Carlo.

Euuu?!

O senador Demóstenes Torres (GO) estava tão seguro, quando revelou-se a Monte Carlo, que fez chegar ao ministro da Justiça que duvidada dos grampos. Ele provou.

Risco

Rondam os corredores do Congresso notícias de que, com o voto secreto, há sério risco de Demóstenes, apesar de tudo, não ser cassado. Nem no Conselho de Ética.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.