Brasília -
loader-image
Brasília, BR
2:30 pm,
temperature icon 29°C
nublado
Humidity 45 %
Wind Gust: 0 Km/h
18 de abril de 2024 - 14:30h
Parceiros
Brasília - 18 de abril de 2024 - 14:30h
loader-image
Brasília, BR
2:30 pm,
temperature icon 29°C
nublado
Humidity 45 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

Avançam obras de mobilidade, aeroportos e ação para empregos para a Copa

#compartilhe
evento1
Parte da plateia de editores convidados, durante o evento de Outubro, em Brasília

 

caixalogo

Desde a realização do I Encontro Nacional de Editores da Coluna Esplanada, no final do mês de outubro de 2013, obras importantes de mobilidade urbana, e ações para atração de turistas e geração de emprego em regime especial para a Copa do Mundo avançaram no País.

O I Encontro Nacional de Editores teve o patrocínio da Caixa, BrasCrédito e Souza Cruz, realização da Coluna Esplanada, Co-realização da Tuiuiú Comunicação. E Portal UOL como media partner.

O evento reuniu quatro ministros do governo para debaterem sobre temas ligados a infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014. Eles garantiram que o Brasil estará pronto para o evento. Compareceram os ministros Moreira Franco, da Aviação Civil, Aguinaldo Ribeiro, das Cidades, e Manoel Dias, ministro do Trabalho. O presidente da Embratur, Flávio Dino, também palestrou para os editores e executivos de jornais de 21 capitais parceiros da Coluna.

Durante o evento, o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, afirmou que o objetivo da Secretaria é modernizar os aeroportos para oferecer um serviço de qualidade aos passageiros. Para melhorar a infraestrutura dos aeroportos, o governo investiu nas concessões. Em novembro, mais dois aeroportos foram entregues para controle da iniciativa privada: Galeão (RJ) e Confins (MG).

Os aeroportos de Guarulhos e de Brasília, que foram leiloados em fevereiro de 2012, passam por reformas de ampliação. No final de 2013, o BNDES aprovou a concessão de dois empréstimos de longo prazo, no total de R$ 4,27 bilhões para modernização de ambos. Para o período da Copa, as empresas aéreas solicitaram a abertura de 1523 novos voos domésticos. A definição da nova malha será divulgada na segunda quinzena de janeiro.

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, foi um dos entrevistados do evento. Ele enfatizou que “a Copa foi o catalizador para grandes investimentos no Brasil” e que o governo vem trabalhando para cumprir suas metas.

O governo investe em várias mudanças no transporte público, entre eles a construção de BRT’s, metrôs, VLTs (veículos leves sobre trilhos) e vias exclusivas para ônibus. De outubro pra cá, as obras do VLT de fortaleza atingiram 43% de conclusão. Serão 12,7 km, sendo 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado. A previsão é que o VLT seja entregue à população ainda no primeiro semestre de 2014. No Distrito Federal, as obras na região de acesso ao Aeroporto Internacional de Brasília estão com 70% de conclusão e já tem data para serem concluídas: março de 2014.

Outra área debatida durante o I Encontro Nacional de Editores foi a atração de turistas durante a Copa do Mundo. O ministro Flávio Dino ressaltou que a prioridade da Embratur é realizar a promoção de turistas e fiscalizar os serviços de aviação e hotelaria para evitar abusos por parte das empresas. Segundo estimativas da Embratur, os turistas devem injetar cerca de R$ 22 bilhões na economia brasileira em 2014. Em 2014, a área terá patrocínio de R$ 8 milhões para ações culturais que promovam a atração turística internacional.

Na geração de empregos, uma novidade é a autorização do governo para que o setor do turismo contrate trabalhadores temporários, sem carteira assinada, para o período da Copa do Mundo. Nessa modalidade de contratação as partes vão assinar um contrato de trabalho. Para o Ministério, essa é uma forma de evitar a informalidade e a insegurança jurídica.

 

evento2
O chefe da assessoria de imprensa da Presidência, José Ramos, palestra para convidados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.