Now Reading:
Cabral e Paes, a dupla resignada

A pressa do prefeito Eduardo Paes em ver a presidente Dilma em Brasília ontem, para agradecê-la pela vitória, foi puro pretexto a fim de reaproximá-la do governador Sérgio Cabral. Dilma não engoliu ainda Cabral por ter se vestido de presidente, na transição em 2010, e anunciado seu secretário Sérgio Cortes como ministro da Saúde. Tiro n’água.

Eles voltavam no jatinho para o Rio à noite quando decidiram ir a São Paulo agradecer ao ex-presidente Lula. Outro pretexto. Paes foi tentar se redimir mais uma vez por, quando tucano ferrenho, ter criticado a família do petista. Dona Marisa não o perdoa até hoje.

MILAGRE. É aquela história. Numa euforia, todo mundo feliz e de bolso cheio, baixa o espírito santo e até os mais figadais adversários tornam-se amigos de infância.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.