Now Reading:
Cachoeira ainda lucra com bingo online

Da coluna desta terça, 29

Transcrição das conversas entre Cachoeira e subordinado, no inquérito da Monte Carlo, da PF, que provam a administração do site

Apesar de preso pela Polícia Federal e com bens bloqueados, o contraventor Carlinhos Cachoeira encontrou, antes da operação Monte Carlo, um jeito de driblar a lei brasileira contra bingos. Continua no ar e operante o site bingoseguro.com.br , com domínio em Curaçao, no Caribe, onde é administrado. Cachoeira o comprou por R$ 1 milhão – preço que saiu pela metade, se gaba, segundo o inquérito. Ele lucra com milhares de jogadores brasileiros cadastrados, que pagam por cartão de crédito ou boleto bancário. O drible jurídico lhe rende mais de seis dígitos por mês com a jogatina online.

No dia 2 de Junho do ano passado, às 9h13, Cachoeira liga para Lenine, o seu braço direito nos cassinos ilegais, e reclama que não consegue entrar no site.

Estão no site os princípios da empresa: ‘Valores –  Honestidade, Transparência e Ética; Com os quais pretendemos desenvolver uma carteira de clientes fiéis e satisfeitos’.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.