Now Reading:
Congressistas articulam aumento dos Fundos Eleitoral e Partidário

Congressistas articulam aumento dos Fundos Eleitoral e Partidário

A cara de pau dos congressistas brasileiros é tamanha que só nos falta assalto à mão armada. Enquanto o salário mínimo terá um reajuste de apenas R$ 42 em 2020, o Governo corta Orçamento para bolsas de estudo e programas sociais, o Fundo Partidário – dinheiro mensal que banca a operação das legendas – saltará de R$ 927,8 milhões para R$ 959 milhões.

E o Fundo Eleitoral, dinheiro público para bancar campanhas de candidatos em 2020, saltará de R$ 1,5 bilhão para até R$ 2,5 bilhões – com vistas a chegar R$ 3,7 bilhões, articulam os deputados.

As maiores fatias do Fundo Partidário abastecem as contas do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, e do PT. São os dois maiores partidos do Congresso hoje.

Somente este ano, o PSL abocanhou mais de R$ 115,1 milhões – o equivalente a 12,4% do total de R$ 927,8 milhões previstos para 21 legendas.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.