Now Reading:
CPI do Erro Médico mira irmão de senador

CPI do Erro Médico mira irmão de senador

Na iminência da instalação, a CPI do Erro Médico já tem alvo: um dos primeiros a ser convocados será o promotor Diaulas Ribeiro, do MP do DF, a quem cabe investigações de denúncias nas redes de saúde privada e pública de Brasília, que têm sido arquivadas. Ele é irmão do suplente de senador João Costa, que até há 15 dias tinha mandato e tentou entrar na CPI para blindá-lo. Recai sobre Diaulas também a suspeita de conflito de interesses: além de promotor, ele é representante do Conselho Federal de Medicina.

BANCO DE RESERVA. Um dos homens mais ricos do Tocantins, o suplente Costa voltou para casa e o titular, Vicentinho Alves (PR), retomou a vaga. Por ora, a CPI sofre resistências do PT.

PRA GAVETA. Diaulas mandou arquivar o caso das mortes de Duvanier Ferreira, 56, ex-secretário de RH do Planejamento, e Marcelo Dino, 14, após atendimentos suspeitos no Santa Lúcia.

SÉRIE. Brasília tem seis casos recentes de denúncias nos hospitais, como a da menina R.L., de um ano e sete meses, que morreu após receber superdosagem de adrenalina no HMIB.

NA UTI. O MPDFT informou que a Corregedoria já apura o acúmulo de funções de Diaulas, que não se manifestou. O Conselho Federal de Medicina não se pronunciou, por ora.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.