Now Reading:
Credores cobram dívidas milionárias do grupo Brickell

Credores cobram dívidas milionárias do grupo Brickell

Duplamente investigado pela Lava Jato por operar um banco no Panamá que prestava serviços para empresas de fachada no esquema do ‘Panama Papers’, colaborando para a lavagem de dinheiro de companhias investigadas na Operação da PF, o empresário Nelson Nogueira Pinheiro, seus familiares e o grupo Brickell, de propriedade de Pinheiro, passaram a ser cobrados em 2018 por dívidas junto a credores privados.

A família começou desde então uma dupla manobra para tentar escapar das cobranças. A primeira tentativa, a Justiça vetou em 2020, quando a recuperação judicial foi rejeitada. Mas a família vem conseguindo se desfazer do patrimônio mesmo assim.

Em 2017, um ano após a segunda batida da Lava Jato em Nelson Pinheiro, a mãe do empresário transferiu para uma holding controlada pela família mais de R$ 22 milhões em imóveis. E no fim de 2019, dois filhos do empresário venderam imóveis, no valor total declarado de R$ 10,5 milhões.

Um deles, um apartamento em São Paulo no valor de R$ 2,98 milhões, foi vendido para o famoso advogado Vinícius Marques de Carvalho, ex-presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.