Brasília -
loader-image
Brasília, BR
3:14 pm,
temperature icon 26°C
céu limpo
Humidity 36 %
Wind Gust: 0 Km/h
23 de junho de 2024 - 15:14h
Parceiros
Brasília - 23 de junho de 2024 - 15:14h
loader-image
Brasília, BR
3:14 pm,
temperature icon 26°C
céu limpo
Humidity 36 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

Curtindo a vida adoidado na Suíça

#compartilhe

aliedo-domingo-site

O controlador da maior empresa de transporte coletivo público do Rio, Jacob Barata Filho – chamado de Jacobzinho pelos mais próximos – não apenas é citado como dono de conta secreta milionária na Suíça como também sabe curtir Genebra.

Em maio de 2013, durante o 60º Congresso Mundial de Transportes da UITP, a organização internacional que reúne os proprietários de empresas do setor, Jacobzinho aterrissou de jatinho em Genebra, alugou duas Ferrari e pouco apareceu no evento.

Ele foi visto com amigos nos dois melhores restaurantes da cidade, contam testemunhas à Coluna. Barata filho não foi localizado pela Coluna para comentar.

Muitos empresários brasileiros prestigiam bienalmente o evento que reúne os ricaços de todo o planeta para discutir o setor – e, claro, passear muito com carros importados, longe dos ‘busões’ utilizados pela população suas clientelas em todo o mundo.

Jacobzinho, o pai, patriarca do grupo, e outros parentes são alguns dos 8 mil brasileiros citados com contas secretas no vazamento do caso Swissleaks, que terá CPI no Senado. O Blog do Fernando Rodrigues no UOL revelou as contas dos donos de ônibus. Os Barata tinham US$ 17,6 milhões em 2006 e 2007 no HSBC da Suíça. A família nega.

O UITP 2015 será em Milão e já há programação. Um brasileiro será palestrante: Marcos Bicalho, diretor da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos.

DO CHÃO AO CÉU

Não é surpresa os reis dos ônibus coletivos do Rio terem conta na Suíça. O setor é um dos poucos – além dos bancos – que opera diariamente com (muito) dinheiro vivo. É tanto dinheiro e lucro rápido que empresários dos transportes rodoviários naturalmente migram também para os aéreos.

Wagner Canhedo (Vasp) mantém empresas de ônibus em Brasília, onde Nenê Constantino (Gol) também opera sobre rodas. A Trip, vendida para a Azul, surgiu do império formado pelo grupo Águia Branca, com ônibus interestaduais no Espírito Santo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.