Now Reading:
Deputada cassada acusa diplomata brasileiro de liderar censura

Deputada cassada acusa diplomata brasileiro de liderar censura

No jantar em sua homenagem em Brasília, a deputada cassada na Venezuela María Corina Machado revelou que o diplomata brasileiro Breno Dias da Costa foi o principal articulador, nos bastidores, para barrar seu discurso na Assembleia da OEA em Washington dia 21 de março, que acarretou em sua cassação. Com aval do Itamaraty, o diplomata atuou para excluir dos discursos o tema da crise na Venezuela. Conseguiu apoio de 22 nações, contra votos de Canadá, Panamá e EUA a favor do depoimento.

Fantoche. Em nota, o Itamaraty informou que o Encarregado de Negócios Breno Dias, da Delegação Permanente junto à OEA, agiu sob orientação do governo brasileiro.

Hum… Segundo o Itamaraty, não houve ‘qualquer forma de manobra, mas procedimento oficial e transparente (..), o que constitui o procedimento de praxe em reuniões do Conselho’.

Na canetada! O presidente da Assembleia Nacional alegou que ela não poderia representar a Venezuela na OEA e a cassou. Mas Corína discursou na vaga cedida pelo Panamá..

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.