Now Reading:
Deputado sofre ‘assalto consciente’

No embalo do aumento da violência em todo o País, os assaltantes estão mais conscientes. Foi o que comprovou o deputado Paulinho da Força (SP), presidente do Solidariedade. Há algumas semanas, dirigia seu carro com vidro aberto no Brás, na capital paulista, quando foi abordado num sinal por homem armado. Ágil, o bandido levou a mão à porta e arrancou o celular no porta-objetos. O parlamentar alertou que o celular era velho. ‘Você não vai conseguir vendê-lo. Tenho R$ 300 no bolso, eu te dou’. O assaltante analisou o celular, concordou e o devolveu. Pegou o dinheiro e sumiu.

1 minuto. Toda a cena ocorreu perto da Estação Pedro II do metrô e durou um minuto. Paulinho não queria o celular, mas recuperou a agenda com mais de mil contatos, feita em anos.

Sina. Há exatos dez anos, o deputado foi assaltado no Rio. Falava ao celular no calçadão da Av. Rio Branco, quando um pivete meteu-lhe a mão na orelha e levou o aparelho.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.