Now Reading:
Detran explica UFC verbal Demóstenes x Caiado

Detran explica UFC verbal Demóstenes x Caiado

É o controle do Detran do Estado de Goiás o motivo dos ataques mútuos em artigo nota oficial ontem entre o ex-senador cassado Demóstenes Torres (sem partido) e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO). Inclui-se nesse script provinciano um ‘condutor’ habilitado extra-oficialmente: o contraventor Carlinhos Cachoeira.

Adversário do governador Marconi Perillo (PSDB) e ex-aliado de Demóstenes, Caiado atacou o Detran durante a campanha eleitoral e ainda é um obstáculo para eventuais contratos milionários do órgão, hoje apontado por muitos da oposição em Goiás um feudo de Carlinhos Cachoeira no governo, com a indicação do presidente João Furtado.

Há quem indique patrocínio de Cachoeira no texto de Demóstenes contra Caiado para neutralizar futuros ataques do senador. E há quem aponte o ataque como estratégia do grupo do contraventor para prejudicar futuros negócios da família de Caiado na construção de Pequenas Centrais Elétricas na região da Chapada dos Veadeiros, polêmico projeto ambiental em discussão no Estado. O senador já disse que não tem nada a ver com os negócios do primo nas PCHs.

No artigo, Caiado foi chamado de quadrúpede, Judas, comparado a Hitler e a um cavalo. O ex-aliado disse que em Brasília ele deveria ‘relinchar, relinchar’. E Demóstenes soltou: ‘Ele só não está na sarjeta porque não tenho vocação para delator’.

No melhor estilo de resposta figadal faca nos dentes & sangue nos olhos, Caiado soltou à altura. Chamou Torres de ‘bandido’ e ‘psicopata’. Até antes da cassação, eram muito amigos. Caiado foi o padrinho da estreia do então procurador do Estado Demóstenes na política.

1 comment

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.