Now Reading:
Dirceu x Jefferson, réus e ricos

O julgamento dos 38 réus da Ação Penal 470 no STF, o do mensalão, é o fim jurídico de batalha política entre Roberto Jefferson (PTB), o delator e não menos réu, e José Dirceu (PT). Jefferson diz a amigos que foi Dirceu, então chefe da Casa Civil, quem mandou arapongas do governo filmarem propina a seu apadrinhado Maurício Marinho, e mandar para as TVs. Sentindo-se traído, o presidente do PTB revelou o mensalão. A aliados, Dirceu nega e diz que Jefferson o envolveu por vingança.

Tela quente

O ex-presidente Lula evitará exposição esta semana. Vai acompanhar de casa , em São Bernardo do Campo, o julgamento através da TV Justiça.

Hilário

Assista no site da coluna vídeo de Roberto Jefferson cantando, ao vivo num programa de TV, ‘When I fall in Love’. É de rir.

Troco

Eduardo Campos ficou irritado ao saber que Dirceu vai abrir escritório no Recife para ajudar a campanha de Humberto Costa (PT) contra o PSB, que deixou a coligação.

Réus e ricos

Marinho tornou-se evangélico, em templo do Lago Norte de Brasília, bairro de ricos na capital. Jefferson mora em Levy Gasparian, serra fluminense, onde construiu condomínio para a família. Dirceu virou consultor abre-portas para empresários em setores do governo onde tem bom trânsito. Cobra R$ 50 mil, por baixo.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.