Brasília -
Brasília, BR
12°C
céu limpo
12 de agosto de 2022 - 2:22h
Rádios parceiras
Brasília - 12 de agosto de 2022 - 2:22h
Brasília, BR
12°C
céu limpo
Rádios parceiras

Discurso armamentista de Bolsonaro motiva registros de armas

Charge por @izanio_charges
#compartilhe

O discurso armamentista do presidente Jair Bolsonaro estimula o brasileiro a comprar e registrar a cada mês mais revólveres, pistolas, espingardas e fuzis. Dados oficiais mostram que só este ano a Polícia Federal já cadastrou 131.824 armas de fogo, de diferentes calibres, até semana passada – a PF e o Exército enviaram relatórios à Coluna. 

Já o Exército, que computa os registros também de militares, cadastrou 168.086 armas neste ano. Atualmente, existem 1.781.590  armas em acervos particulares. Os números cresceram a partir de 2018 – ainda durante a campanha de Bolsonaro com o mote – e a partir de 2019, no seu 1º ano de Governo. 

Em 2018 a PF registrou 313.034 armas, o maior da série histórica dos últimos 10 anos. Em 2022, os Estados do Rio Grande do Sul (15.718), Santa Catarina (14.117) e São Paulo (13.423) lideram os registros de armas para civis, segundo a PF. O Estado paulista lidera o ranking de registros na PF nos últimos 10 anos: são 454.628 nas mãos de civis.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.