Now Reading:
Em tempos de racionamento, Fórum da Água custou R$ 100 milhões aos cofres

O badalado 8º Fórum Mundial da Água, realizado em Brasília, custou mais R$ 100 milhões aos cofres públicos. Em meio à política de austeridade propalada pelo Governo, a Agência Nacional das Águas liberou mais de R$ 22 milhões para o evento.

De acordo com o balanço de despesas do Conselho Mundial da Água, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF destinou R$ 30 milhões para o 8º Fórum.

O investimento se deu em meio a uma crise hídrica que atinge várias regiões do DF.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.