Now Reading:
Erundina se arrependeu

Foi constrangedora a reunião entre Luiza Erundina (PSB-SP) e o presidente do PSB, governador Eduardo Campos (PE), na terça à noite em Brasília, depois que ela anunciou a sua saída da chapa do PT paulistano, contra a aliança petista com Paulo Maluf (PP). Erundina quis recuar, diante da repercussão negativa. Desde que o partido insistisse de público que ela fosse a vice de Fernando Haddad. Sem paciência, foi Eduardo Campos quem enterrou o assunto e a proibiu de ponderar. O PSB continua na chapa, com Erundina na surdina.

Sono total

Depois da reunião, Erundina disse que voltou a ‘dormir tranquila’ com a decisão. Ser vice de Haddad por dois dias lhe tirou o sono. Campos está chateado, mas a respeita.

Recado

Do ex-presidente FHC, ontem no Rio, sobre a aliança PT-Maluf: ‘Só terá impacto eleitoral se a oposição usar. Mas nem todos podem usar’. Recado para José Serra.

O dia seguinte

O PT paquera o PTB paulistano para a chapa. Imaginem a cena: Lula num jardim apertando a mão de Roberto Jefferson, presidente do partido, delator do mensalão.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.