Brasília -
loader-image
Brasília, BR
4:46 pm,
temperature icon 25°C
céu limpo
Humidity 33 %
Wind Gust: 0 Km/h
21 de julho de 2024 - 16:46h
Parceiros
Brasília - 21 de julho de 2024 - 16:46h
loader-image
Brasília, BR
4:46 pm,
temperature icon 25°C
céu limpo
Humidity 33 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

Estrangeiros já compraram US$ 60 bilhões em terras no Brasil

#compartilhe

Um relatório do Banco Central sobre investimentos no país, nas mãos da presidente Dilma, informa que estrangeiros já compraram US$ 60 bilhões em terras no Brasil. A maioria deles é de empresários da China e Oriente Médio. As propriedades adquiridas concentram-se nas regiões Centro-Oeste e Norte. A Agência Brasileira de Inteligência tem informes de que agora os chineses, para driblar eventual desconfiança sobre seus interesses, têm usado argentinos como ‘laranjas’.

Atualização Segunda, 21,20h10 – A assessoria do BC informou nesta segunda, 21, que não há dados sobre o caso na última nota externa do órgão sobre IED – Investimento Estrangeiro Direto. Em resposta enviada há dias à coluna, a assessoria do BC informa que  “As informações sobre investimentos estrangeiros no país estão disponíveis mensalmente na nota do setor externo, quadro 18”.  A coluna ratifica que há dados oficiosos sobre o tema no Planalto, por se tratar de questão de soberania nacional.

Atualização Terça, 22, 12h – Mais detalhes sobre o informe nas mãos da presidente Dilma:

  •  Depois da onda dos japoneses e americanos, há forte movimento de empresas argentinas comprando terras e negócios agrícolas no Brasil. O surpreendente é que os hermanos têm usado capital chinês. Os argentinos são apenas executivos.
  • De acordo com o BC, somente ano passado os estrangeiros investiram US$ 1  bilhão no agronegócio brasileiro.
  • A presidente leu relatórios do Banco Central, em combinação com informações de mercado, de que os chineses vêm entrando com bastante agressividade na agricultura da Argentina. E investido no Brasil através de executivos argentinos e tradings.
  • O Palácio do Planalto não vê esse movimento sino-argentino ou a triangulação como ruim. São novos negócios não lesivos à economia do país.
  • Para o mercado, os maiores investidores em terras no Brasil são chineses, argentinos, japoneses e americanos.

 

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

1 comentário em “Estrangeiros já compraram US$ 60 bilhões em terras no Brasil”

  1. DANIEL SIMEONI DE OLIVEIRA

    O atual controle pelo INCRA da aquisição de terras por estrangeiros no Brasil é muito precário, falta maior governança agrária.

    O Brasil ainda pena a ausência de uma efetiva governança agrária: não temos sequer um cadastro confiável de terras no país. Numa realidade marcada pela tecnologia e informação, isso é inadmissível.

    O Governo Federal está levando adiante um extenso projeto de reforma na estrutura do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Se concretizada, será a mudança mais profunda na instituição desde sua criação, em 1970, em pleno regime militar.

    O SindPFA (Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários) do INCRA, iniciaram em 16/01/2013 uma campanha por uma nova governança agrária para o Brasil, sugerindo a criação do Instituto de Terras do Brasil (INTERBRAS).

    Mais informações nos sites:
    http://www.sindpfa.org.br
    http://www.gestaodaterra.com.br

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.