Now Reading:
Farmácias devem faturar alto com pandemia

Um dos mais movimentados comércios destes tempos de pandemia – entre os raros setores liberados para abrir portas – as drogarias devem faturar alto neste semestre. A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias, com 26 grandes redes afiliadas, fecha dia 26 de abril seus dados de março.

Nunca se viu tanto movimento nas farmácias, para procura de todo tipo de medicamento, além, claro, de máscaras e álcool em gel. Segundo dados repassados à Coluna, as cerca de 8 mil lojas das afiliadas faturaram R$ 53,4 bilhões em 2019 – alta de 11,14% em relação a 2018 (R$ 48,1 bilhões).

O indicativo de que as vendas podem crescer é que a rede faturou R$ 2 bilhões a mais ano passado com vendas de produtos que não são medicamentos, como itens de higiene – o que é mais procurado agora.

As associadas registram histórico de leve queda nas vendas desde dezembro, quando faturaram R$ 4,91 bilhões. Janeiro teve R$ 4,57 bi em vendas, e Fevereiro, R$ 4,42 bi.

O Brasil tem cerca de 80 mil farmácias. É um filão. As associadas da Abrafarma, embora representem 10% disso, faturam 44% do que gira nesse setor.

As farmácias da Abrafarma têm 131.661 funcionários; 24.540 deles são farmacêuticos. Estão em 827 cidades de 26 Estados e DF – que atendem a 70% da população.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.