Now Reading:
Fuga a captura de Pizzolato

O ex-diretor de marketing do BB Henrique Pizzolato, preso ontem com passaporte falso em Maranello, Itália, decidiu fugir quando se viu abandonado pelo PT. Ele ‘caiu na real’ quando passou discretamente pelo Congresso Nacional, em companhia de ex-assistentes, dia 20 de março de 2013. Foi esnobado por petistas nos salões e com portas na cara. Antes de fugir, fez com que seu processo chegasse ao renomado criminalista Nabor Bulhões, que já defendeu Fernando Collor e Carlinhos Cachoeira. Nabor ainda não decidiu se vai pegar o caso de Pizzolato, condenado no Mensalão.

Replay. Quando o PT lhe virou as costas, Pizzolato pulou fora. Diferente de João Paulo Cunha, também abandonado, mas cuja ficha não caiu ainda. O PT vai forçar sua cassação.

Um tempinho. Pizzolato foi condenado a 12 anos e 7 meses de prisão. Se extraditado, cumpre o regime fechado, migra para o semiaberto e enfim poderá voltar a Maranello..

Não é piada. Os petistas adoram a Itália. Vide a pérola solta pela ex-primeira-dama de Lula, Marisa Letícia, que queria cidadania para os filhos viverem futuramente num.. país melhor.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.