Now Reading:
Gaúchos de Dilma injetaram R$ 3 bi no RS e abrem crise com estados

Gaúchos de Dilma injetaram R$ 3 bi no RS e abrem crise com estados

Uma operação protagonizada por gaúchos do alto escalão do governo Dilma, e endossada por ela, presenteou o Rio Grande do Sul com R$ 3,2 bilhões em títulos do Tesouro em Março de 2012, numa manobra à canetada, e abriu precedente para governadores pedirem o mesmo. Descobriu-se após consulta à Lei de Acesso à Informação, junto à AGU, que o RS tinha classificação C na Secretaria do Tesouro Nacional, o que brecava repasses da União, mas o ministro Guido Mantega autorizou a excepcionalidade a pedido de Tarso Genro. Agora, o Paraná requer o mesmo à Fazenda.

EPA, EPA. A presidente Dilma fechou acordo para pagar a bolada sobre uma ação que ela promoveu, envolvendo a CEEE, quando Secretaria de Energia de Alceu Collares.

ESQUADRÃO. Endossaram a operação os gaúchos Arno Agostin, secretário do Tesouro, Luís Adams, ministro da AGU, e o então ministro-interino Zimmermann, de Minas e Energia.

CHOQUE TOTAL. O trio do Esquadrão é próximo e protegido de Dilma. Toda a operação durou apenas 8 dias e envolveu também a CEEE, a Companhia Estadual de Energia Elétrica do RS.

LEI DE ACESSO! Deve-se à Lei de Acesso à Informação, por requerimento do deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR), a descoberta da ação entre amigos. Os documentos acabam de chegar.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

1 comment

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.