Now Reading:
Grandes varejistas cobram ações emergenciais do Governo

Grandes varejistas cobram ações emergenciais do Governo

O Instituto para Desenvolvimento do Varejo, com 70 associados – os maiores varejistas do Brasil – engrossou o coro do mercado. Decidiu enviar carta com sugestões e pedidos de medidas emergenciais para a economia.  Os destinatários são os governadores e o presidente Jair Bolsonaro.

O medo da turma que responde por R$ 345 bilhões de faturamento por ano é a questão trabalhista e fiscal. São 750 mil empregos diretos em 30 mil estabelecimentos e 200 grandes centros de distribuição que não podem parar, para abastecer a despensa do País.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.