Now Reading:
‘Guardião’ é o motivo da briga entre Polícia e MP

‘Guardião’ é o motivo da briga entre Polícia e MP

O sistema Guardião, software de alta tecnologia que grampeia centenas de linhas simultaneamente, é o cerne da guerra entre procuradores e delegados sobre a PEC 37, que tira do Ministério Público competência para investigações criminais e os restringe às polícias. Há suspeitas de que, além das Polícias Civil e Federal, MPs estaduais já usem o sistema. Em maratona pelos estados, os delegados falam abertamente sobre a preocupação do uso descontrolado. A catarinense Dígitro, já procurada anteriormente pela coluna, sempre negou que tenha negociado com entidades que não fosse a Polícia.

OS FEDERAIS. O Sistema Guardião, já usado pela PF, vale milhões de reais. O autor da PEC é o deputado ex-delegado federal Lourival Mendes (PTdoB-MA).

FOGO AMIGO. Em críticas veladas, delegados da PF têm criticado seguidos vazamentos de importantes inquéritos. Sempre apontam como responsáveis os procuradores.

É FESTA. Mendes frisa que o MP poderá ‘acompanhar o processo de investigação’, mas não realizá-lo. Políticos alvos de MPs comemoram, e aceleram a tramitação no Congresso.

MARATONA DO COLDRE. Integrantes da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil têm percorrido os estados para detalhar e defender proposta junto à sociedade. A última parada foi Macapá (AP).

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

 

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.