Now Reading:
João de Deus: Polícia investiga sumiço de malas de dinheiro

João de Deus: Polícia investiga sumiço de malas de dinheiro

Um famoso médium na cadeia – acusado de assédio sexual por centenas de mulheres – o suposto abandono pela esposa e por seu principal advogado, e milhões de reais desaparecidos em malas de suas fazendas.

O novo capítulo protagonizado por João de Deus vai além dos processos de vítimas na Casa Dom Ignácio e ganha script de novela. A Polícia Civil de Goiânia avança na investigação de um drama familiar que pode render outro inquérito, desta vez lavagem de dinheiro. Envolve o sumiço de uma mala com R$ 3 milhões, que teria sido entregue pela esposa do médium, Ana Keila Teixeira, ao advogado Ronivan Peixoto Junior, em janeiro deste ano. E não seria apenas uma, mas várias malas desaparecidas.

João está revoltado com o advogado, contam fontes ligadas ao médium, e mandou cassar suas procurações.

João de Deus está tão bravo que quer trocar de advogado. Não estaria recebendo a visita da esposa, também, como de hábito no início do ano. Foi abandonado, contam amigos.

Procurado pela Coluna, o advogado Ronivan Junior diz que não sabe de malas, que ainda responde na área cível para o médium. Garante que já foi à Polícia depor para a delegada do caso.

Ronivan relata também caso curioso. Que ex-policiais – mortos pela PM em confronto em outro assalto posterior – invadiram sua fazenda atrás de dinheiro. Mas diz que não eram atrás das ditas malas. A reportagem não encontrou a esposa do médium.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.