Now Reading:
Lei do silêncio decola em Minas

Nenhum dos 76 deputados da Assembleia de Minas provocou até ontem à noite a Mesa Diretora para pedir investigação na Comissão de Ética da Casa por quebra de decoro parlamentar contra o estadual Gustavo Perrella (Solidariedade-MG), filho do senador Zezé Perrella (PDT). Tampouco o bloco de 21 deputados do PT, PRB e PMDB, que se diz ‘oposição’. Perrellinha apadrinhou Rogério Antunes na 3ª Secretaria da Casa, com R$ 1.700. Antunes é o piloto do helicóptero da família Perrella flagrado pela PF no Espírito Santo com 450 kg de cocaína na aeronave. A origem e o destino da droga são mistério.

Costas quentes. Perrellinha tem costas quentes. O pai, o senador Perrella, fez a fortuna da família com frigoríficos e negociando jogadores, e tem influência suprapartidária no Estado.

Conglomerado. A base do governo na Alemg é tão ampla que até PCdoB e PMDB, aliados nacionais do PT, são governistas em Minas. Só petistas são oposição, e mesmo assim se calaram.

Na moita. Na Segunda, os telefones do gabinete do senador Perrella não atendiam. Perrellinha viajou para Brasília e se reuniu com o advogado Antônio Carlos de Almeida, o Kakay.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.