Now Reading:
Maçonaria vive maior disputa de sua história

Maçonaria vive maior disputa de sua história

Instituição milenar no mundo, a secular Maçonaria no Brasil está prestes a vivenciar a sua mais acirrada batalha pelo comando do Grande Oriente do Brasil (G.O.B.), com ingredientes que remetem à disputa política. Dezenas de senadores e deputados, e alguns governadores, acompanham a situação. O grupo ligado ao senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que concorreu contra o atual grão-mestre Marcos José da Silva, suspeita de fraudes nas urnas dos estados de Goiás, Espírito Santo, Ceará, Piauí, Paraíba, Paraná e Pará – redutos do presidente que tenta a reeleição.

PIB MAÇÔNICO. Em disputa está um orçamento anual de até R$ 100 milhões – maior que de muitas cidades brasileiras – e o garantido prestígio em vários segmentos da sociedade.

VOTO A VOTO. O G.O.B. reúne a maioria das lojas no país. O adversário suspeita de que o atual grão-mestre ‘inchou’ a lista de votação nestes estados atrás de mestres eleitores.

CAIU NA REDE. As urnas serão abertas neste final de semana, mas já circulam em listas fechadas, segundo a oposição, os números inflacionados dos estados em relação à eleição anterior.

PRIMEIRO ATO. O presidente do Tribunal Eleitoral maçônico, Sérgio Ruas, disse que desconhece isso e não vai se pronunciar enquanto não houver denúncia oficial pelo candidato Mozarildo.

7 comments

  • William Ribeiro de Almeida

    Mazzini.
    Retiraram meus comentários.
    Por que fizeram isso? Suas fontes precisam ser melhores pesquisadas. O Senador Mozarildo já perdeu duas eleições e não conseguiu se eleger para membro da Comissão de Relações Públicas da SAFL-GOB. Entre no site http://www.gob.org.br e assista pela TVGOB as apurações em tempo real e depois pergunte ao Senador se ele confirma as acusações de fraudes nessas eleições. Aqui no Grande Oriente do Brasil temos O Supremo Tribunal de Justiça Maçônico. Não retire minhas observações.
    William

  • Ricardo Gonçalves

    Ratifico acima, onde disse GOSP, digo GOB! (GRANDE ORIENTE DO BRASIL).

  • Ricardo Gonçalves

    Primeiramente acho isso uma pouca vergonha para nós maçons. Por causa de um politico maçom o sr. Mozarildo, estamos ficando, melhor se sujeitando a exposição de telejornais, revistas e sites. O mesmo é um fracassado, mais é blindado por uma sistema de advogados bons, o que o faz apelar para os meios de comunicações para poder impugnar as eleições. Essas eleições foram feitas de modo limpo e claro, cada Veneravel em sua Loja fiscalizou e encerro suas atas de eleição. Ocorre que Mozarildo não entende isso. Por que ele é um maçom que busca interesses proprios e não o da coletividade maçonica gobiana. Ele esta usando de golpes baixos. As urnão darão um troco em numero de votos à altura para ele. Ele verá que o Senado e a Maçonaria são coisas bem distinta. Aqui o povo não se vende, não se dá, nem se doa, pelo contrarío, busca a verdade, e a verdade é clara… qualquer candidato tem mais condições de ser GMG do Gosp do que o Senador Mozarildo.

  • William Ribeiro de Almeida

    Uma coluna séria e merecedora da confiabilidade dos seus leitores precisa rever sua fontes. Não acredito que o Senador Mozarildo Cavalcante seja o autor das informações prestadas que motivaram a matéria. O nosso Senador já foi derrotado por duas vezes e não conseguiu se eleger até para membro de uma Comissão de Relações Públicas da nossa SAFL-GOB. Seria interessante que o autor da matéria ficasse sintonizado com a TVGOB ( http://www.gob.org.br) das 18h de hoje até o dia 07.04.13 e acompanhasse em tempo real as apurações e depois entrevistasse o Senador Mozarildo e seus assessores. Na Bahia dizemos que o local do choro dos perdedores e no pé do Caboclo. Como sabemos que o nosso Irmão Senador não se prestaria a esse vil papel, aguardamos que o Leandro Mazzini faça por merecer sua Esplanada e seus leitores. Maçonaria é coisa séria, mas alguns conseguem fazê-la palanque para Políticos Partidários e profissionais do voto. Temos muitos Senadores ( inclusive o Mozarildo), Deputados Federais, Estaduais, Vereadores, Prefeitos e Governadores sérios que podem ser ouvidos pelo Mazzini para melhorar suas fontes em vez de acreditar em Assessores(???)

  • corrado

    É muito simples, estaremos perdendo a fé e confiânça na nossa irmandade?
    Se lembram…Que vindes fazer aqui?
    Espero que a maçonaria seja mais forte do que a obtenção de vantagens próprias que possam interessar a qualquer irmão.
    Confio na nossa sublime instituição e que o G.A.D.U. nos guie para uma irmandade mais fraterna e mais justa, pois nossa finalidade é fazer feliz a humanidade e nisso nos estamos empenhando.
    S.F.U.
    Corrado Spallanzani

  • Audo Pereira Costa

    Com meus 33 anos de Maçonaria, estou realmente preocupado com o resultado desta eleição. até porque não será a primeira vez que esta palhaçada acontece em nossa Sublime Istituição.
    O Mozarilde deve ficar atento e não permitir que isso aconteça, afinal temos que dar um basta.

  • Saulo Ortega Trevisan

    Quem fez essa materia ou enviou informações para que fosse formada essa ideia esta TOTALMENTE equivocado. Não há forma de inchar lista de votação porque quem vota são os Maçons em cada Loja, totalmente fora do controle do Poder Central. Outrossim, …a mais acirrada batalha pelo comando …. realmente quem escreveu isso é muito novo no meio ou totalmente desinformado. Essa foi uma das mais tranquilas disputas.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.