Now Reading:
Minas: Campos esnoba prefeito e lançará deputado

Minas: Campos esnoba prefeito e lançará deputado

Tratorado pelo alinhamento do PMDB com a futura candidatura de Fernando Pimentel (PT) ao governo de Minas, o deputado Leonardo Quintão estuda deixar o partido após o convite tentador de Eduardo Campos: lançá-lo pelo PSB na mesma disputa, e ceder a ele o comando da legenda. ‘Estou pensando muito nisso’, revela Quintão. O atual presidente do PSB, Walfrido dos Mares Guia, foi erro de cálculo: é aliado de Lula e está de saída. Campos desistiu do prefeito de BH, Marcio de Lacerda, que recusou se lançar.

TUTO(DO) MISTURADO. Não é segredo em Minas: Walfrido é cria de Lula e amigo de Pimentel. Lacerda é mais aliado de Aécio Neves (PSDB) que o próprio presidente do PSB. Virou um tutu.

PEPINO. Mudanças ocorrerão antes que o tutu eleitoral vire pepino. Apesar de socialistas, Lacerda e Walfrido brigaram. Um e outro se sentem traídos por desacertos de 2012.

ATROPELADO. Quintão não esconde revolta com PMDB. Depois de barrado para disputar a prefeitura em 2012, esperando recompensa, foi preterido para ministro da Agricultura.

SHOW DO TOM. O poder eleitoral de Quintão surgiu em 2008, quando levou a disputa contra Lacerda para o 2º turno. Mas entrou em cena na TV o humorista Tom Cavalcanti, contratado pela campanha socialista. Tom passou a imitar caras e bocas de Quintão, com sotaque carregado do interior – conotando imagem de caipira. É tudo o que os cosmopolitanos belo-horizontinos rejeitam de rótulo. Há quem diga que isso ajudou Lacerda.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.