Now Reading:
Moka no Conselho

O PMDB decidiu não abrir mão da presidência do Conselho de Ética do Senado. Em reunião há pouco na liderança do partido ficou decidido que o senador Waldemir Moka (MS) será o presidente do conselho, e não mais o senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE).

Por ser o mais antigo da Casa, Valadares foi o escolhido de acordo com o regimento, mais cedo nesta terça-feira, porque ninguém queria presidir o conselho.

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), a quem cabe indicar o presidente do conselho por ter a maior bancada, vai comunicar ao presidente do Congresso, José Sarney, da decisão de alçar Moka ao cargo, para apurar as ligações do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Demóstenes foi denunciado ao conselho pelo PSOL e corre risco de ser cassado.

Nos bastidores da reunião pemedebista, comenta-se que Moka, senador novato na Casa, não teve escolha. Foi incumbido pelo líder, e teve de aceitar.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.