Brasília -
loader-image
Brasília, BR
8:53 am,
temperature icon 18°C
céu limpo
Humidity 72 %
Wind Gust: 0 Km/h
27 de maio de 2024 - 8:53h
Parceiros
Brasília - 27 de maio de 2024 - 8:53h
loader-image
Brasília, BR
8:53 am,
temperature icon 18°C
céu limpo
Humidity 72 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

Moro conclama união da PF e MP em forças-tarefas 

Foto: ADPF Bahia
#compartilhe

Duas das instituições entre as mais acreditadas da sociedade, a Polícia Federal e o Ministério Público devem esquecer as diferenças e unirem mais forças no combate à corrupção. Quem conclamou isso foi o Juiz Federal Sérgio Moro, que lidera os processos da operação Lava Jato na 13° Vara Criminal em Curitiba.

“É preciso criar forças-tarefas e que trabalhem com sinergia”, disse Moro sobre o combate à corrupção. “Falo especialmente da PF e do MP. Têm que colocar as diferenças de lado para trabalhar juntos”.

Há uma disputa velada há anos entre delegados e procuradores. Estes lutam para, assim como os primeiros, terem maior poder de inquérito. A força-tarefa da Lava Jato é um exemplo de sintonia entre as classes. Recentemente também veio à tona a disputa pelo poder de comandar as colaborações premiadas- as chamadas delações.

A maioria delas na Lava Jato é tocada pelo MP, e algumas poucas pela PF, embora por lei a Polícia judiciária já tinha esse poder. O supremo Tribunal Federal, em decisão recente, endossou.

Moro palestrou nesta manhã de quinta-feira (23) para mais de 200 delegados federais e convidados no III Simpósio de Combate à Corrupção promovido pela direção regional da Associação Nacional dos Delegados de PF, no auditório do cinema UCI no shopping Barra em Salvador.

Protestos 

Cerca de 250 delegados federais de todos os Estados associados à ADPF participam do Simpósio em Salvador, que se encerra amanhã. Entre as palestras, além de delegados conhecidos, nesta sexta (24) o encerramento será feito pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso .

Moro chegou a Salvador ontem  à noite. Foi recebido no hotel onde se hospeda com protesto por cerca de 20 pessoas militantes e simpatizantes do PT e do ex-presidente Lula da Silva, condenado por corrupção pelas mãos do juiz federal.

A manifestação pacífica se repetiu hoje em frente ao shopping, com faixas e gritos de “Lula livre”. A Pm de Salvador reforçou a segurança em frente ao hotel e ao shopping.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.