Now Reading:
Os dentes do ‘Comandante’

A nova expedição da Secretaria de Direitos Humanos ao Araguaia acaba de encontrar nas escavações dois dentes que podem ser de Maurício Grabois, líder da Guerrilha. Os dentes estavam no local onde teria sido enterrado Grabois, em Dezembro de 1973, executado pelo Exército, mas seus restos mortais desapareceram. A equipe faz escavações em São Geraldo (PA), na reserva indígena dos Suruí, com base nas informações de nativos da região e do ex-guia Iomar Galego, que colaborou em 1996.

Cautela. A equipe segue a máxima de que só os exames da arcada dentária poderão comprovar se os dentes são de Grabois. Há indícios de que o corpo está próximo ao local escavado.

Memória. Baiano, fundador do PCB e leninista-marxista, Grabois sempre defendeu a luta armada e ações revolucionárias contra a Ditadura. Assim ganhou fama e virou Inimigo nº 1.

Os 4 do Chafurdo. Grabois chegou a Xambioá em 67 e foi morto no Natal de 73 com mais três guerrilheiros, no chamado Chafurdo de Natal. Seu filho, André, fora executado em 72.

 

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.