Now Reading:
Partidos ‘jovens’ passam a ser maioria na Câmara

Partidos ‘jovens’ passam a ser maioria na Câmara

A soma das bancadas de deputados eleitos revela que os partidos fundados nos anos 1980 – MDB, PDT, PTB, PT, DEM, PCdoB, PSB e PSDB – deixaram de ter a maioria na Câmara Federal.

A renovação não foi apenas individual, mas também partidária, como mostra levantamento feito pelo assessor da Câmara, Francisco Brandão. Os partidos mais “jovens”, fundados nos anos 1990 em diante, agora chegam a 286 deputados eleitos. Eram apenas 215 na eleição passada. O pleito deste ano foi o de maior renovação na Câmara desde a eleição da Assembleia Nacional Constituinte, em 1986.

O levantamento considerou a data de fundação das legendas registradas no TSE. Partidos fundados entre 1981e 1989 reduziram suas bancadas de 298 para 227 deputados na comparação com a eleição de 2014. 

Já as legendas criadas entre 1990 e 2015 elegeram 286 parlamentares. O PSL, fundado em 1998, elegeu a segunda maior bancada (52 deputados) e o Novo, criado em 2015, terá 8 parlamentares na Câmara a partir de 2019.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.