Now Reading:
PMDB: O quartel e os três bombeiros

Não foi ego e medo de perder o Poder que fizeram o vice-presidente da República, Michel Temer, reassumir o comando do PMDB.

Em alguns Estados há iminente rebelião contra o PT – mesmo com palanques aliados ou separados – o que coloca em risco a reeleição da presidente Dilma Rousseff e, consequentemente, a permanência do grupo de Temer no Poder federal.

Temer reuniu-se ontem em Brasília com o deputado federal Eduardo Cunha (RJ) e o candidato ao governo do Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves (RN), dois dos líderes partidários, para evitar incêndios que possam chamuscar o palanque nacional da presidente Dilma e enfraquecer sua candidatura.

BALANÇA

O racha do PMDB – entre Dilma e Aécio – motiva as preocupações. Rio de Janeiro, Pará, Paraná e Maranhão são alguns casos avaliados.

CORINGA

A despeito de Dilma dele não gostar, não será surpresa se Eduardo Cunha surgir como o presidente do PMDB daqui a dois anos. Primeiro, disputará a presidência da Câmara.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.