Brasília -
Brasília, BR
20°C
céu limpo
15 de agosto de 2022 - 9:41h
Rádios parceiras
Brasília - 15 de agosto de 2022 - 9:41h
Brasília, BR
20°C
céu limpo
Rádios parceiras

Policiais Federais marcam assembleia e paralisação não é descartada

Foto: Reprodução/Agência Brasil
#compartilhe

Categoria está insatisfeita com promessas não cumpridas pelo presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro perdeu um forte apoio eleitoral das forças de segurança federal, como PF e PRF, com a falácia da campanha de 2018 de valorizar as categorias, um bom reajuste de salários e reestruturação das categorias. Um sinal é a carta que a Federação Nacional de Policiais Federais (Fenapef) – que abrange mais de 14 mil agentes – acaba de divulgar.

No documento, a direção da entidade conclama as regionais de todos os Estados para uma assembleia virtual na terça-feira (19), para discutir “Informações e deliberação sobre a reestruturação prometida pelo Governo Federal”. É um claro indicativo de que pode haver paralisação nacional da categoria. E isso será debatido na reunião.

Além das promessas de campanhas que não serão cumpridas até o fim deste ano, segundo contam os policiais, há outro agravante. Desde ano passado, Bolsonaro prometeu alto reajuste salarial para delegados e agentes federais, e seria a única categoria a ser atendida nas demandas. Isso contrariou o ministro da Economia, Paulo Guedes – que não sabe de onde tirar o dinheiro – e todas as outras classes de servidores federais, que ficariam sem aumento.

O presidente foi obrigado a recuar na promessa e irritou toda a PF. Há dias, Bolsonaro anunciou o reajuste geral para os servidores federais em 5%.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.