Now Reading:
Polícias entram em alerta com prisão de Fahd para evitar faroeste pantaneiro

Polícias entram em alerta com prisão de Fahd para evitar faroeste pantaneiro

As inteligências das Polícias dos Estados do Centro-Oeste vão redobrar a atenção com a prisão do ex-poderoso chefão da fronteira Brasil-Paraguai Fahd Jamil, que se entregou ontem à Justiça do Mato Grosso do Sul. 

Fahd foi preso por ligações com o chefão da milícia do Estado, Jamil Name – que está trancado com o filho no presídio federal de Mossoró (RN). 

Foragido por muitos anos, Fahd foi o motivo de o então juiz Odilon de Oliveira, seu carrasco, ser obrigado a morar dentro do Fórum e com escolta 24h, após sentença que o condenou à prisão.

Eles são compadres no crime há décadas. Mas o scripit do faroeste pantaneiro não acabou. No fim do ano passado, uma reviravolta nas investigações apontaram que Name é o suposto mandante da morte do filho de Fahd, Daniel Georges, (que desapareceu em 2011), para dominar o jogo do bicho. Isso pode render acerto de contas entre os clãs.

O delegado Paulo Magalhães, assassinado há sete anos – há quem diga por ordem de Jamil Name – esbravejou certa vez que havia mais desembargadores na casa do chefão, tomando uísque, que dentro do TJMS.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.