Now Reading:
Por corte de custos, MEC fecha instituto em Brasília

O contingenciamento de recursos orçamentários para a educação atinge em cheio o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília. A primeira unidade – campus Avançado Sobradinho – foi fechada após recente Portaria de desativação assinada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho.

O Instituto Federal de Brasília foi criado pelo ex-presidente Lula da Silva com oferta de cursos técnicos e de graduação gratuitos, em diversas modalidades e áreas de atuação. É bancado com recursos do Governo Federal que foram reduzidos de R$ 43 milhões em 2014 para R$ 22 milhões em 2017.

Nota de esclarecimento divulgada pelo IFB, segunda (02):

Sobre a Portaria nº 287/2018/MEC, o Instituto Federal de Brasília (IFB) vem a público esclarecer que o Campus Avançado Sobradinho teve sua autorização de funcionamento realizada em maio de 2016 e que, em período posterior a esta data, a instituição sofreu impactos da crise econômica nacional.

Diante da disponibilidade de terreno e prédio da região administrativa do Recanto das Emas e de poucos recursos disponíveis para a instalação de duas Unidades, os gestores do IFB decidiram por priorizar a instalação do Campus Recanto das Emas, o que foi feito com a reforma e adequação de prédio cedido para o atendimento das demandas das audiências públicas de pelo menos 1 mil estudantes/ano.

Outrossim, esclarece que o Campus Avançado Sobradinho não tinha sede nem servidores (remanejados ou contratados no último concurso) e por estes motivos não chegou a ter portaria de implantação.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.