Brasília -
loader-image
Brasília, BR
1:47 am,
temperature icon 21°C
céu limpo
Humidity 78 %
Wind Gust: 0 Km/h
21 de abril de 2024 - 1:47h
Parceiros
Brasília - 21 de abril de 2024 - 1:47h
loader-image
Brasília, BR
1:47 am,
temperature icon 21°C
céu limpo
Humidity 78 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

“Porto Seguro”: Servidores voavam no jatinho de Gilberto Miranda

#compartilhe

O ex-senador Gilberto Miranda oferecia caronas em seu jatinho Citation VII como afago para os servidores cooptados no esquema de fraude em pareceres, em benefício de suas ilhas no litoral paulista. O principal detido na operação Porto Seguro, Paulo Miranda (ex-diretor da ANA), viajou seguidas vezes com o empresário. Certo dia Miranda o esperou irritado por quase uma hora dentro do avião na pista. Dia 31 de Outubro a PF flagrou a servidora Evangelina Pinho, da Secretária de Patrimônio da União (SPU), desembarcando junto com Miranda no Aeroporto de Congonhas (SP).

TSUNAMI. Na véspera, segundo a PF, Evangelina se encontrou com o empresário em Brasília para combinar nota técnica (Proc. 10880017906/0087, na SPU) que beneficiava a posse de sua ilha em Ilhabela.

À DISTÂNCIA. Gilberto Miranda foi senador por seis anos, a partir de 92, sem um voto sequer e sem nunca morar no Amazonas. Era suplente de Amazonino Mendes, que se elegeu prefeito de Manaus.

O CHEFÃO. Miranda não foi preso. Ele fez fortuna com industriais na Zona Franca. Há indícios de que é um dos donos do cassino Conrad, no Uruguai. É visto na primeira fila em lutas de boxe internacionais.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.