Now Reading:
SC: Suspeita de tortura pode ser causa de ataques

SC: Suspeita de tortura pode ser causa de ataques

As autoridades de Santa Catarina já sabem o cerne dos ataques. A equipe da coluna foi a Florianópolis e ouviu de quem sabe dos bastidores: Começou após dia 26 de Outubro passado, quando foi assassinada a agente prisional Deise Melo Pereira Alves, 30 anos. Era mulher do diretor da Penitenciária São Pedro de Alcântara, Carlos Alves, que em vingança cortou todos os benefícios dos detentos. Há suspeita de torturas de presos para descobrir o mandante do crime. Os bandidos foram avisados nas ruas e revidaram.

O CRIME. Deise foi alvejada com três tiros nas costas quando chegava em casa à noite. O marido vinha sofrendo ameaças pelo rigor no trato com detentos.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.