Brasília -
Brasília, BR
algumas nuvens 21°C
algumas nuvens
29 de fevereiro de 2024 - 4:22h
Rádios parceiras
Brasília - 29 de fevereiro de 2024 - 4:22h
Brasília, BR
algumas nuvens 21°C
algumas nuvens
Rádios parceiras

Senador que fez lobby para a Paper Excellence nos EUA é denunciado por corrupção

Foto: Reprodução/Robert Menendez
#compartilhe

Robert Menendez foi pego pelo FBI por receber propinas para defender interesses de empresário estrangeiro

O senador americano Robert Menendez, que defende os interesses da Paper Excellence contra uma empresa brasileira nos Estados Unidos, foi denunciado à Justiça de Nova Jersey nesta sexta-feira por receber propinas para atuar a favor de empresários e de uma nação estrangeira.

O FBI encontrou na casa do senador mais de R$ 550 mil em dinheiro, além de duas barras de ouro, um conversível de luxo e imóveis recebidos em pagamento de propinas. Grande parte do dinheiro apreendido na casa do senador estava em envelopes que continham digitais e DNA de um dos empresários denunciados e de seu motorista.

Menendez chegou a escrever cartas que depois foram enviadas a seus colegas em nome de autoridades do governo egípcio, segundo as investigações. Ele também fez lobby sobre procuradores para barrar investigações sobre os empresários e pressionou autoridades do Departamento de Agricultura para que elas não agissem contra os interesses de um empresário de origem egípcia e do governo do Egito em temas ligados à exportação de carnes americanas ao país africano. 

O esquema teria durado entre 2018 e 2022, segundo as investigações. No mesmo período, Menendez também enviou cartas a diversas autoridades pedindo investigações e restrições contra o grupo brasileiro J&F, que controla a gigante de alimentos JBS. Os temas e datas dessas manifestações coincidem com os registros de atividade de lobby de seu advogado pessoal, Stephen Ryan, em favor da empresa de papel e celulose Paper Excellence. Desde 2018, a companhia indonésia trava uma batalha contra a J&F pela Eldorado Brasil Celulose.

Menendez se valia de sua posição como presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado. Em outubro de 2019, enviou uma carta ao secretário do Tesouro pedindo que o Comitê de Investimento Estrangeiro nos Estados Unidos (CFIUS) revisasse a aquisição de empresas americanas pela JBS. O advogado pessoal do senador, Stephen Ryan, registrou este tema como uma das suas áreas de atuação como lobista da Paper Excellence.

Após a troca de governo, Menendez enviou uma carta à nova secretária do tesouro em agosto de 2021, reiterando o pedido para que o CFIUS revertesse as aquisições de empresas americanas pela JBS. O tema continuava constando como área de atuação de Ryan nos registros oficiais de lobby.

O senador voltou a se posicionar publicamente contra o grupo J&F em janeiro de 2022, quando divulgou um comunicado conjunto com dois parlamentares europeus cobrando que os governos investigassem a JBS por possíveis violações legais, inclusive antitruste. Neste momento, Ryan registrou que seu lobby para a Paper Excellence, uma empresa de papel e celulose, incluía questões antitruste na cadeia de proteínas bovina e de aves.

Nenhuma carta ou posicionamento público em linha com o lobby de Ryan para a Paper Excellence foi registrado depois de junho de 2022, quando o FBI realizou a operação de busca e apreensão na casa de Menendez, em Nova Jersey. Apesar da virulência, nenhuma das comunicações do senador gerou investigações sobre o grupo J&F ou reversão de seus investimentos em solo americano.

Em nota à Coluna, a Paper informou que “Ao contrário do que diz a notícia o, senador norte-americano Robert Menendez não defende os interesses da Paper Excellence. A Paper ressalta ainda que não tem nenhuma relação com a investigação das autoridades dos Estados Unidos sobre o senador”.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.