Now Reading:
Skaf enfraquecido

Se depender dos resultados das eleições deste ano para se cacifar, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf (PMDB), não sai candidato ao governo de São Paulo como quer. Apesar de conhecido e com caixa na mão, não conseguiu eleger um vereador aliado, entre eles o principal apadrinhado Giuliano Chaddoud (PMDB), em quem investiu para ser seu cabo eleitoral na capital. Skaf, que trocou o PSB pelo PMDB, agora encontra obstáculos internos. Se Haddad for eleito na prefeitura, o PMDB fecha com o PT para o governo.

RECOMPENSA. Apesar da derrota na capital, o PMDB vai lançar Gabriel Chalita como o nome da legenda para o Senado em 2014. Martelo batido.

VAIVÉM. Chalita entrou para o PSB há três anos pelas mãos do ministro Gilberto Carvalho (PT). Prometeram-lhe a candidatura ao Senado. Quando viu que dançara, pulou para PMDB.

Leia a íntegra da coluna de hoje nos jornais (ao lado)

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.