Now Reading:
Solidariedade, que nada!

Inimigo – e não apenas adversário – da presidente Dilma, faz questão de dizer, o deputado Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, diz que vai manobrar para impedir a votação do Orçamento e adiá-lo para 2014. Por alguns dias, assumirá a liderança da legenda no lugar do deputado Francischini. ‘Sei como obstruir, eu sozinho faço’, alerta. O partido, com 23 deputados, reivindica aumento real para aposentados e fim do Fator Previdenciário. ‘Dilma não cumpriu acordos’, explica a fúria.

Pelo PIB. O Solidariedade cobra do Planalto aumento para os aposentados sobre índice da inflação mais 80% do PIB. ‘Do jeito que o PIB vai, ela não gastará muito’, ironiza o deputado.

O aliado. O Solidariedade está simpático a Aécio Neves (PSDB) para a eleição. Não bastasse a oposição, o Planalto vê até partidos aliados travarem a votação em troca de emendas.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.