Now Reading:
Ultradireitistas pegam carona na intervenção federal no Rio

A intervenção na segurança do Rio Janeiro aflorou os ânimos dos militares que, Brasil afora, aproveitam o momento para disseminar a anacrônica pauta ultradireitista. É o caso do general da reserva Paulo Chagas, demitido em 2015 pelo então ministro da Defesa, Jaques Wagner (PT). O oficial da reserva encabeça o Movimento Monárquico-Conservador que prega o “enfrentamento da revolução cultural contra o marxismo”.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.