Now Reading:
Um ano depois, família de Molina não consegue depositar cinzas na Bolívia

Um ano depois, família de Molina não consegue depositar cinzas na Bolívia

Completa-se amanhã um ano da morte do ex-senador boliviano Roger Molina num acidente com ultraleve em Brasília. Mas até hoje sua família não conseguiu autorização do Governo da Bolívia, de onde fugiu, para depositar suas cinzas no mausoléu da família no Departamento de Pando, que já foi governador por ele.

Molina estava exilado no Brasil desde sua cinematográfica fuga da Embaixada do Brasil em La Paz, onde se refugiara, crítico do governo de Evo Morales. Sua família continua morando de favor no Acre.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.