Brasília -
loader-image
Brasília, BR
3:47 am,
temperature icon 22°C
algumas nuvens
Humidity 78 %
Wind Gust: 0 Km/h
19 de abril de 2024 - 3:47h
Parceiros
Brasília - 19 de abril de 2024 - 3:47h
loader-image
Brasília, BR
3:47 am,
temperature icon 22°C
algumas nuvens
Humidity 78 %
Wind Gust: 0 Km/h
Parceiros

Uma Lei, dois pais

#compartilhe

Um clima de constrangimento tomou o Senado. Dois projetos de senadores do PDT previam crimes hediondos para corrupção passiva e ativa, mas só um deles avançou. O presidente Renan Calheiros colocou em pauta e o plenário aprovou o PLS 204/2011, de Pedro Taques (MT), que tramitava na CCJ. Ocorre que na mesma comissão está parado, desde Março, o PLS 253, apresentado por Cristovam Buarque (DF) em 2006. Resguardadas as peculiaridades dos textos, trata do mesmo assunto. Coincidentemente, a relatoria do projeto de Cristovam está com o senador Pedro Taques.

PANOS QUENTES. Embora aliados, Pedro Taques e Cristovam Buarque (PDT-DF) ainda não haviam conversado, até ontem à noite, sobre o assunto.

DEVER DE CASA. Taques, ontem fora de Brasília, disse que não se lembrava do texto do projeto de Cristovam, sob sua relatoria na CCJ. ‘Mas vou pesquisar’.

MAL ESTAR. Procurado pela coluna, Cristovam não quis polêmica. ‘Tenho fortes laços com Taques’. Porém, entre os corpos técnicos legislativos houve um mal estar.

Leia a íntegra da coluna nos jornais (ao lado)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.