Now Reading:
Universidade cria campanha que indica a ‘cola’ escolar como ato de corrupção

Universidade cria campanha que indica a ‘cola’ escolar como ato de corrupção

Um simples ato de ‘colar’ numa prova da escola ou faculdade, hoje, pode se tornar futuramente um grande erro profissional ou abrir caminho para a corrupção. É esta a imagem que o Centro Universitário de Maringá – UniCesumar usa nas criativas campanhas nas redes sociais e Youtube para ressaltar o problema.

Na campanha “Cola Não Rola”, o objetivo é conscientizar os estudantes de que colar nas provas é trapaça, ato de corrupção e ainda provoca lacunas no conhecimento, não passando de autoengano e autossabotagem. Num dos vídeos, um médico que faz uma delicada cirurgia fica olhando uma ‘cola’ na mão sobre como salvar a vida do paciente.

A desmistificação do ditado popular “quem não cola, não sai da escola” traz a “cola” como parte negativa da cultura do jeitinho brasileiro e admitir que transgredir uma regra para levar vantagem não faz mal. A campanha acontece durante todo o mês de outubro, levando mensagens como ‘Cola não forma, deforma’ ou ‘Cola é corrupção’.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Input your search keywords and press Enter.